Oficinas Participativas ouvem sugestões ao Plano Diretor

Confira o mapa

Confira o mapa

O que precisa ser cuidado em cada bairro de Jundiaí sobre os elementos da natureza ou de necessidades sociais apontadas pelos moradores é o alvo das “oficinas participativas”, que começam na próxima semana dentro do processo da segunda fase do Plano Diretor Participativo.

LEIA TAMBÉM
Reserva Biológica Municipal na Serra do Japi reabre Casa do Conserveiro

A abertura, ou oficina 1, será realizada na Zona Oeste, a partir das 18h30 de segunda-feira (23), na Emeb Prof. Nassib Cury, Rua Roberto Gaspari, 380, Fazenda Grande. Sempre no mesmo horário, novos encontros estão programados:

A oficina 2 será terça-feira (24), para a região da Malota, na Emeb Profª. Anna Rita Alves Ludke, Alameda das Sibipirunas, 120, Vila Alvorada.

Na quarta-feira (25) é a vez da oficina 3 na região do Rio Acima, na Emeb Pedro Clarismundo Fornari, Avenida Geraldo Azzoni, 2.051, Rio Acima.

E, na quinta-feira (26), o encontro é da oficina 4, das regiões urbanas do Anhangabaú, Retiro, Vila Hortolândia, Vila Rami e da Vila Maringá. Tudo na Emeb Antonino Messina, Rua Líbia, 140, Jardim Bonfiglioli.

“Não vai ser preciso conhecer profundamente a legislação. A oficina é dinâmica e busca basicamente o que as pessoas consideram ser a Jundiaí de hoje, caminhando para chegarmos para a cidade que queremos”, afirma Daniela da Camara Sutti, secretária de Planejamento e Meio Ambiente.

As oficinas de 5 a 11 de abril estão previstas em outras regiões da cidade, nos dias 30 e 31 de março e 1º, 6, 7, 8 e 9 de abril.

Veja a lista completa dos locais

Validação da metodologia
O formato do trabalho com as oficinas de moradores, proposto pelo consultor Kazuo Nakano e pela equipe de consultoria da Demacamp, vai ter o detalhamento finalizado nesta quarta-feira (18), em reunião com o Grupo Gestor (formado por 40% de governo e 60% de sociedade civil), a partir das 18h30, na Escola de Governo e Gestão, na Vila Arens.

Na sexta-feira (20), a partir das 10h, é a vez do Grupo Técnico no auditório do Paço Municipal.

José Arnaldo de Oliveira
Foto: Arquivo


Publicada em 18/03/2015 ▪ Leia mais sobre ,

Plano Diretor Participativo | Desenvolvido por CIJUN