Plano Diretor Participativo amplia prazo de novas sugestões até a quinta-feira (25)

Com quase 10 mil pessoas envolvidas diretamente desde o ano passado e após a grande adesão em seu 1º Fórum, o processo do Plano Diretor Participativo de Jundiaí ampliou o prazo para moradores, grupos e instituições do município reforçarem propostas de sugestões sobre a lei que visa ordenar o crescimento urbano e rural para os próximos dez anos. O novo prazo segue até a quinta-feira (25), com margem de tolerância máxima até o domingo (28).

O formulário pode ser obtido no 5º andar da ala sul do Paço, na Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente, ou diretamente no formato online.

Nessa continuidade do processo, que já contou com mais de 8 mil questionários em residências, escolas e entidades e também com oficinas territoriais de sensibilização em bairros, os dez objetivos estratégicos formam a estrutura geral para encaixe de propostas. São eles:

1. Preservação, Conservação e Recuperação de Ecossistemas Hídricos e Naturais;
2. Proteção, Promoção e recuperação de Bens e Imóveis de Interesse Histórico Cultural e iniciativas culturais;
3. Proteção e Promoção do Desenvolvimento Rural e da Produção Agrícola;
4. Fortalecimento da Base Econômica local;
5. Melhoria na Mobilidade Urbana e nas condições de acessibilidade;
6. Regulação do Uso e Ocupação do Solo e da Produção Imobiliária;
7. Contenção da Urbanização dispersa e desordenada;
8. Aproveitamento de Imóveis Ociosos localizados em áreas urbanas consolidadas;
9. Melhoria das Condições Urbanas dos bairros, com oferta adequada de equipamentos de educação, saúde, esporte, lazer e cultura;
10. Provisão Habitacional de Interesse Social;
11. Urbanização e regularização fundiária de assentamentos precários ocupados pela população de baixa renda e de interesse específico;
12. Gestão Democrática com fortalecimento da participação popular nas decisões dos rumos da cidade;

Plano Diretor Participativo de Jundiaí ampliou o prazo para moradores, grupos e instituições do município

Plano Diretor Participativo de Jundiaí ampliou o prazo para moradores, grupos e instituições do município

De acordo com a secretária de Planejamento e Meio Ambiente, Daniela da Câmara Sutti, o modelo busca ser acessível a todas as pessoas. “É um formato acessível, como orientado pelo prefeito Pedro Bigardi, permitindo que as pessoas possam contribuir diretamente com suas preocupações e ideias”, afirma.

Atualmente, os trabalhos entraram na fase de elaboração da proposta inicial de governo a partir dos diagnósticos e das leituras social, técnica e jurídica decorrentes das etapas anteriores e que será mostrada posteriormente no 2º Fórum.

José Arnaldo de Oliveira


Publicada em 12/06/2015

Plano Diretor Participativo | Desenvolvido por CIJUN