Plano Diretor disponibiliza apresentação do 2º Fórum

O resultado técnico de mais de 10 mil participações nas etapas do processo consultivo do Plano Diretor Participativo, entre 2014 e 2015, apresentado no 2º Fórum, no sábado (3), está disponível para todos os moradores de Jundiaí no portal do plano.

Veja o link da apresentação

O prefeito Pedro Bigardi fez a apresentação para a proposta preliminar do Plano Diretor

O prefeito Pedro Bigardi fez a apresentação para a proposta preliminar do Plano Diretor

O principal roteiro de leitura passa da página 12 para a página 22 com a evolução do perímetro urbano de 1940 a 1976 e, posteriormente, pela “invasão” urbana da zona rural e de mananciais que prosseguiu até 2012.

O contraste entre o macrozoneamento atual com a lei estadual da Área de Proteção Ambiental e o ajuste proposto estão da página 23 até a página 26.

Já o contraste entre as zonas atuais da cidade, bastante confusas na legislação atual, com o zoneamento proposto para Jundiaí, está entre as páginas 27 e 30.

Entre as páginas 31 a 34 estão as áreas definidas para as novas categorias de interesse social (ZEIS).

Entre as páginas 36 e 38 estão as áreas pensadas de conservação do cerrado, de conservação da mata atlântica e de controle de cheias definidas para a proposta de zonas especiais de interesse ambiental (ZEIA).

Entre as páginas 39 e 40 estão as áreas inicialmente analisadas para uma outra categoria nova, as zonas de interesse histórico e cultural (ZIHC).

A partir da página 41 estão os novos critérios de uso e ocupação do solo considerando as zonas anteriormente descritas, já com os gabaritos e a definição dos eixos de maior crescimento que são os corredores urbanos (próximos das principais avenidas).

Na página 53 estão os conceitos de “incomodidade” aos moradores que vão nortear a autorização de usos comerciais, industriais ou domésticos em cada zona da cidade.

A partir da página 57 estão os novos instrumentos propostos de política urbana da cidade.

E a partir da página 70 os instrumentos de gestão e as ações e investimentos propostos para serem registrados na nova lei.

Tudo será discutido agora por 101 delegados que representam os mais diversos segmentos da comunidade.

José Arnaldo de Oliveira
Fotos: Cleber de Almeida


Publicada em 05/10/2015 ▪ Leia mais sobre ,

Plano Diretor Participativo | Desenvolvido por CIJUN